domingo, 25 de março de 2012

Vira o disco e toca o mesmo

Começou mais uma edição do Ídolos. Não mudou nada. Houve tempo para os cromos do costume que só vão para lá fazer figurinhas tristes, os que têm uma grande confiança mas voz nem por isso e depois aquela pequena percentagem que canta bem sem desafinar. O Manuel Moura dos Santos continua o mesmo mal educado do costume, sempre zangado, fico com  sensação que está ali a fazer um frete. Pagam-lhe uma fortuna mas nem isso o alegra. Eu sei que deve ser frustrante ouvir 2 mil pessoas que não fazem nada mais senão poluição sonora, mas Manel tem calma sim? Enervam-me pessoas assim, mal encaradas. A maioria dos concorrentes são putos de 16/17 anos, e a criatura deita abaixo qualquer pessoa. Surpreendeu-me o Pedro Abrunhosa que foi simpático, deu conselhos, motivou os concorrentes. A Bárbara não sei o que está ali a fazer,sobre o Tony não comento. E pronto, uma nova edição, sem nada de novo.


A única foto que encontrei onde o Manel está com um ar "simpático"

Sem comentários:

Publicar um comentário